VENEZUELANOSPrefeitura receberá recursos para atender aos migrantes

13/Fev/2020 - 09:36

Discutiu-se a liberação de recursos da enchente histórica do Rio Madeira do ano de 2014 que não foram utilizados à época

A Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família (Semasf), da Prefeitura de Porto Velho, recebeu a visita técnica da assessora para Assuntos de Migração, da Coordenação do Subcomitê Federal de Interiorização de Migrantes Venezuelanos do Ministério da Cidadania, Niusarete Margarida de Lima, para discutir sobre o atendimento da população migrante no município de Porto Velho. O encontro ocorreu na manhã da quarta-feira, 12,

Na reunião, a assessora apresentou as estratégias e objetivos do planejamento do Governo Federal do Plano de Interiorização e também visitou os serviços e as unidades de atendimento do município de Porto Velho para a população migrante venezuelana.

O objetivo principal da visita, foi a discussão sobre a liberação dos recursos da enchente histórica do Rio Madeira do ano de 2014 que não foram utilizados à época, que será útil agora para o atendimento emergencial dos venezuelanos.

Os recursos são no valor aproximado de R$ 2,16 milhões, que o município não tinha autorização para utilizar porque não ocorreu outra situação de emergência ou calamidade pública.

Segundo secretário da Semasf, Claudi Rocha, a reunião foi muito proveitosa. “Desde que assumimos a gestão estávamos buscando autorização para utilizar esses recursos. Vamos enviar, na próxima semana um Plano de Trabalho detalhando no que vamos utilizar os recursos e enviar ao Ministério da Cidadania, reforçando o trabalho social que desenvolvemos”, disse o secretário.

Participaram da reunião com a assessora do Ministério da Cidadania, o secretário da Semasf, Claudi Rocha, a secretária adjunta, Ana Maria Negreiros, o secretário-executivo da Semasf, Massimo Araújo e a diretora do Departamento de Proteção Social Especial (DPSE), Ana Karla Feitosa.

logotipo da prefeitura de porto velho