SEGURANÇASemusb e Sema retiram árvore que corria risco de desabar


Aumentam ocorrências nessa ápoca do ano e prefeitura pede conscientização sobre queimadas urbanas

Em vistoria de rotina, a equipe de Limpeza Urbana, da Subsecretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb), se deparou na manhã dessa sexta-feira (14) com uma árvore em chamas, à rua Almirante Barroso, área central da cidade. De acordo com o diretor de Limpeza Urbana, Douglas Dumont, a árvore de cerca de dez metros de altura foi atingida devido ao lixo que foi queimado nas proximidades.

“Irresponsavelmente um morador ateou fogo no lixo que estava na lateral da rua e as chamas alcançaram a árvore trazendo riscos para quem transitava por aqui”, relatou.

Uma equipe da Subsecretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema) também foi acionada e em cerca de 40 min, a árvore que ameaçava desabar, a qualquer momento, foi retirada. Agentes de Trânsito da Semtran fizeram o bloqueio da rua e controlaram o tráfego na região que foi liberado em seguida.

O subsecretário da Semusb, Wellen Prestes alertou à população quanto ao perigo das queimadas urbanas que nessa época do ano tendem a aumentar. “É preciso que haja mais colaboração. A queimada traz sérios riscos. A empresa coletora de resíduos está trabalhando regularmente, e não há motivo para que os moradores ateiem fogo no lixo e tampouco joguem na rua esses resíduos”, observou.

Segundo Prestes, na rua Almirante Barroso foi feita limpeza lateral há cerca de duas semanas. “Infelizmente ainda tem pessoas que não tem consciência dos males que podem gerar a queima de lixo irregular. Dessa vez agimos rapidamente e evitamos um acidente grave, pois a árvore poderia desabar em cima de veículos, já que é uma rua muito movimentada, ou até mesmo atingir pedestres. Por isso mais uma vez pedimos a colaboração de todos para que não queimem”, exortou.

O gerente de Arborização da Sema, Telêmaco Martins, lamentou o ocorrido. “Esta árvore tinha cerca de 30 anos. E apesar de ser uma espécie que não estamos mais utilizando na arborização, devido às suas raízes que são muito profundas, ela não oferecia risco. E infelizmente foi perdida devido a queima irresponsável”, comentou

A Sema disponibilizou o telefone 9 9374-8556 que também pode ser utilizado pelo aplicativo watsapp, para denúncias com a possibilidade de recebimento de vídeos e fotos.

Fonte: Semusb